Como a IA pode ajudar os médicos a combater o coronavírus?

É uma pandemia.
Precisamos de toda a ajuda que pudermos ter para
um controle eficiente e eficaz da pandemia.
Até mesmo da IA.
Icon arrow down
virus objectvirus object

Uma IA que também suporte o controle do coronavírus

On-line e gratuito

Na Lunit, desenvolvemos um software de IA que pode ajudar os radiologistas na interpretação de raios X do tórax. O software, Lunit INSIGHT CXR, pode descobrir vários achados radiológicos, incluindo consolidação pulmonar, que indica possível pneumonia infectada por coronavírus (COVID-19).

Devido ao surto atual, lançamos uma versão especial do Lunit INSIGHT CXR que pode ajudar os profissionais de saúde a gerenciar melhor o coronavírus. Atualmente, a solução está sendo usada para gerenciar o coronavírus em hospitais da Coreia do Sul e do Brasil, oferecendo assistência na triagem e monitoramento de pacientes.

Um médico no centro de tratamento do coronavírus localizado próximo a Daegu, Coreia do Sul, está examinando a imagem de raios X do tórax do paciente com o Lunit INSIGHT CXR.

Como ajudamos

Mantemos os hospitais funcionando com IA

A atual pandemia do coronavírus está sobrecarregando os profissionais de saúde em todo o mundo com grandes demandas por testes, diagnóstico e tratamento. Embora o PCR seja o teste para o diagnóstico definitivo da infecção pelo coronavírus, pode levar até dois dias, se não mais, atrasando a tomada de decisão importante para os pacientes. Isso pode ser um problema grande, pois o diagnóstico tardio pode levar a uma maior disseminação da doença.
O raio X do tórax pode ser um teste rápido, eficaz e accessível para avaliar a pneumonia relacionada ao coronavírus. Sugerimos o uso de IA como ferramenta de apoio para a interpretação de exames de raio X de tórax, da seguinte maneira.

Sugestão de uso do Lunit INSIGHT CXR na resposta ao coronavírus

  • Use como uma ferramenta de suporte durante a sobrecarga de casos, que pode levar a uma baixa qualidade de leitura
  • Use com dispositivos de raios X portáteis para rastrear rapidamente os resultados dos testes e tomar decisões antes dos resultados do PCR
  • Use quando for necessário o monitoramento regular entre pacientes com sintomas leves para identificar e/ou triar pacientes pela progressão dos sintomas

Embora a ACR e a CDC atualmente não recomendem o uso de TC ou de raios X do tórax em um espaço fechado pelo medo de infecção pelo ar e pela superfície, a ACR afirma que, quando necessário do ponto de vista médico, as instalações podem considerar a implantação de unidades de radiografia portáteis, já que têm um risco relativamente menor de infecção.

Casos de uso

Coreia do Sul e Brasil

Na Coreia do Sul, o Lunit INSIGHT CXR foi implantado para auxiliar no diagnóstico de pacientes em Daegu, a área mais atingida, onde aproximadamente 8.000 pacientes, cerca de 85% de todos os casos domésticos, foram diagnosticados com coronavírus. (A partir de 30 de março de 2020)

Um dos principais hospitais universitários de Seul construiu um centro de saúde em Daegu, onde os médicos examinam remotamente os pacientes e fazem consultas por videoconferência. As imagens de raio X de tórax dos pacientes são enviadas diretamente aos radiologistas de Seul, onde o Lunit INSIGHT CXR é usado para ajudar os radiologistas a detectar e diagnosticar instantaneamente a infecção por coronavírus.

O sistema permite a descoberta imediata e precoce de pacientes, enviando-os diretamente para hospitais maiores para o tratamento adequado, se necessário.

Um profissional de saúde em Seul está examinando o raio X do tórax de um paciente usando o Lunit INSIGHT CXR.

No Brasil, o Lunit INSIGHT CXR foi instalado para fins de teste e validação na PreventSenior, uma das maiores redes de hospitais do país, com 10 instalações em toda a região metropolitana de São Paulo. A PreventSenior é um dos centros de detecção da COVID-19 que usam a triagem de raio X do tórax para pacientes com sintomas leves.

Desde o final de março, a instituição implantou o Lunit INSIGHT para a análise de mais de 3.000 imagens de raio X torácico suspeitas de infecção por coronavírus. Os profissionais da área médica estão nos dizendo que o Lunit INSIGHT CXR está fornecendo grande ajuda, “especialmente para a triagem de pacientes”, pois o hospital está “transbordando com pacientes enquanto o número de radiologistas permanece baixo”.

Um médico em um dos centros da COVID-19 no Brasil está usando o Lunit INSIGHT CXR para examinar uma imagem de raio X do tórax.

Ajuda on-line

Oferecimento de análise de COVID-19 gratuita

Para ajudar os profissionais de saúde nessa pandemia, estamos fornecendo análises on-line e instantâneas de IA gratuitas para a detecção de achados radiológicos sugestivos de pneumonia relacionada ao coronavírus nos raios X de tórax. Esperamos que esse acesso gratuito possa funcionar como uma ferramenta de apoio para os profissionais da saúde no diagnóstico e tratamento do coronavírus.

O upload de casos é limitado a 20 casos por dia por usuário, mas se você precisar analisar mais casos para acomodar um grande volume de pacientes suspeitos de coronavírus, entre em contato conosco por e-mail em contact@lunit.io e forneceremos assistência.

Estudo preliminar

Análise de casos de COVID-19 com IA

Nossos resultados preliminares mostram que o Lunit INSIGHT CXR pode detectar consolidação, que é um achado importante que indica pneumonia, que, neste estudo, utiliza dados de pacientes com coronavírus. A IA mostrou desempenho em um nível comparável ao dos radiologistas.

Em nosso estudo, foram coletadas seis imagens de raio X AP (ântero-posterior, obtendo a imagem do lado da frente do tórax) de seis pacientes com diagnóstico confirmado de coronavírus no momento da admissão. Todos os pacientes tiveram pneumonia na TC do tórax. No raio X, três pacientes apresentavam lesões claramente visíveis, sutis em um paciente e não visíveis nos dois pacientes restantes, quando interpretado por um radiologista.

Na análise retrospectiva dessas imagens, nosso objetivo era comparar o desempenho de detecção do radiologista humano e da IA, para ver se nossa IA conseguiria detectar no nível de especialista humano ou mais, encontrando corretamente lesões no raio X de tórax de um paciente infectado pelo coronavírus. O resultado mostrou que a IA conseguiu detectar o que os radiologistas detectaram demonstrando o mesmo nível de desempenho.

Caso 01

Há uma opacidade irregularmente definida aumentada na zona esquerda média para inferior do pulmão, o que pode não ser claro para interpretação. O Lunit INSIGHT CXR detectou corretamente a lesão com pontuação de anomalia de 34,0%.

Caso 02

O CXR simples realizado no paciente em UTI mostra opacidades de vidro fosco nas zonas bilaterais inferiores do pulmão. O Lunit INSIGHT CXR detectou corretamente as lesões com a pontuação de anomalia de 72,0%, mesmo na configuração com muitos tubos, linha central e dispositivos externos sobrepostos na imagem.

Caso 03

Existem consolidações de patches multifocais/nodulares e opacidades de vidro fosco em torno da zona pulmonar direita média a inferior. O Lunit INSIGHT CXR detectou corretamente as lesões com pontuação de anomalia de 76,0%.
link to facebooklink to twitterlink to linkedin

Address - 27 Teheran-ro 2-gil, Gangnam-gu, Seoul, South Korea © Lunit Inc.